You are currently viewing Beach tennis é o 1º torneio do esporte em Campo Grande
Competição do Beach Tennis terá duas categorias, sendo uma feminina ou masculina e uma mista

Beach tennis é o 1º torneio do esporte em Campo Grande

O 1º CG Open de Beach Tênis, o Beach Tennis, é o primeiro evento do esporte em Campo Grande. A ação é promovida pela Fundação Municipal de Esportes (Funesp) e Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur), em parceria com a Federação de Tênis de Mato Grosso do Sul (FTMS).
O torneio do Beach Tennis ocorrerá na Praça Belmar Fidalgo, nos dias 18 a 21 de novembro. A competição terá duas categorias, sendo uma feminina ou masculina e uma mista, por exemplo, dupla Feminina A e Dupla Mista A, ou Dupla Masculina A e Dupla Mista A. Não será permitido ao atleta disputar mais de um nível técnico.
Serão cerca de R$ 12 mil em prêmios e troféus aos vencedores nas categorias da modalidade. O regulamento do torneio e mais informações estão disponíveis no portal da Funesp.

Beach tennis praiano em Campo Grande

Conforme Antonio Vieira, de 51 anos, empresário e treinador, também conhecido como Toni, a modalidade surgiu em Campo Grande há 10 anos, através de um capixaba chamado Luiz Messias dos Santos, o Bambu.
“Bambu veio jogar um campeonato de frescobol pelo segundo ano consecutivo. E apresentou, portanto, o beach tennis aos sul-mato-grossenses, acreditando que o esporte poderia dar certo aqui, devido ao Belmar Fidalgo, que possui quatro quadras de areia”, explica Toni.
Com a novidade, Toni resolveu criar a Liga Beach Tennis de Campo Grande. Em seguida, desenvolveu o projeto “Beach Tennis Para Todos”, envolvendo a comunidade local com oficinas e aulas gratuitas nas praças do Jockey Clube, Praça do Peixe, Parque das Nações Indígenas e Sóter, além de projetos nas escolas e condomínios.

Pandemia

Durante a pandemia da Covid-19, as restrições impostas pelas autoridades fizeram com que boa parte da população evitasse sair de casa, aumentando a procura por atividades ao livre, principalmente aquelas que requerem pnouco contato entre os participantes.
“O beach tennis se encaixou perfeitamente nesses quesitos. Por isso é um esporte acessível a todos, bem democrático. Não precisa ter altura certa, peso certo, idade certa”, garante Julliana Cardoso, de 28 anos, profissional de Educação Física e treinadora do esporte.
Para ela, o beach tennis deve crescer mais ainda, já que neste ano, em Campo Grande. Dessa forma, já existem vários locais oferecendo a prática e treinamento.
“Está bombando! Aliás, tanto para fazer aula e aprender de fato o esporte, como para jogar apenas como divertimento entre amigos e família”, explica. “E é uma excelente opção para quem quer melhorar o condicionamento físico e cuidar da saúde”, pontua Julliana. Ela também árbitra da Federação de Beach Tennis de Mato Grosso do Sul.